História

História da psicomotricidadeA Psicomotricidade é concebida como uma ciência terapêutica adoptada na Europa há mais de 60 anos, que contém conceitos teóricos e aplicações práticas de várias ciências como a Psicologia, a Psicanálise, a Psiconeurologia, a Pedagogia, a Psiquiatria, entre outras, que convergem os seus interesses no estudo do movimento, com o objectivo de dar qualidade de vida ao ser humano.Vários autores deram um contributo importantíssimo para as bases teóricas da Psicomotricidade, analisando as relações complexas entre o movimento e o pensamento, e entre o corpo e o cérebro como: Dupré, Wallon, Piaget, Ajuriaguerra, Paillard, Bernshtein, Luria, Sperry, Eccles, Gardner, Damásio, Fonseca, entre muitos outros.

A Psicomotricidade surgiu como prescrição da medicina psiquiátrica e a utilização do movimento humano com fins reeducativos e terapêuticos foi conquistando numerosos adeptos. Foi em França que se institui o primeiro curso universitário em 1963. Actualmente, devido ao seu contributo na área da Educação e da Saúde encontra-se em franca expansão, e já existem diversos países onde esta é praticada nomeadamente na Holanda, Dinamarca, Portugal, França, Brasil, México, etc.