Intervenção

As práticas Psicomotoras podem desenvolver-se em contextos de acção diferenciados, em função de critérios que têm como referência a própria história dos sujeitos, a origem e características das suas dificuldades. A intervenção psicomotora com crianças desenvolve-se em forma de jogo num contexto lúdico, em dinâmica individual ou grupal. No âmbito da saúde mental em adultos, as sessões são individuais. Consoante os critérios anteriormente definidos e a idade do indivíduo são seleccionadas e utilizadas:

  • Técnicas de relaxação e de consciencialização corporal;
  • Actividades expressivas;
  • Jogos sensório-motores e de estimulação sensorial;
  • Técnicas de Educação Gestual e Postural;
  • Técnicas de Reeducação Gnoso-práxica envolvendo a organização planificada e interiorizada da acção e sua representação através de formas diversificadas de expressão (motora, gráfica; verbal, sonora; plástica, etc.);
  • Actividades de resolução de problemas e jogos de regras;